2023-07-29 Ver o Pôr e o Nascer do Sol no Monte S. Silvestre

Pela terceira vez o Vianatrilhos organizou esta atividade que cada vez parece ganhar mais entusiasmo, que pese embora a data conseguiu congregar 21 companheiros/as.

Pelas 16H00 da tarde do dia 29 foi a hora combinada para a chegada ao alto do Monte de S. Silvestre instalado na freguesia de Cardielos, Viana do Castelo, local previamente escolhido. Estando todos presentes procedeu-se à montagem das tendas, cozinha e mesas para realização do jantar e acompanhados de um membro da confraria se fez a verificação das instalações sanitárias. A vista que do adro da capela se estende sobre o vale do rio Lima e freguesias em redor é soberba, lá bem no fundo a foz do rio.

À hora prevista, cerca das 20H15, e já com a luz do dia a cair, apanhando as marcas do trilho de S. Silvestre lá fomos monte acima até ao geodésico da serra, belo miradouro e local escolhido para vermos o Pôr do sol, que se mostrou disponível presenteando-nos com belos momentos até desaparecer por trás do templo de Santa Luzia. Regressados ao local de acampamento foi tempo de preparar o jantar com as irmãs Conceição e Maria das Dores a orientar. À luz das lanternas em amena cavaqueira o tempo foi passando e cerca das 00H30, instalados num pequeno miradouro anexo lá vimos o atirar do fogo de artificio das festas de Perre e outras ao longo do vale. Depois foi o recolher às tendas para o merecido descanso. Azar nosso pois até cerca das 05H00 da manhã foi um martelar de música da pesada de alguma festa na zona, paciência. Pelas 06H00 tocou o assobio, era chegada a hora de ver nascer o Sol, para isso estávamos aqui. Todos se levantaram e ainda estremunhados lá fomos novamente monte acima até ao local previamente escolhido para vermos o astro rei a aparecer lá ao fundo por detrás das serras, iluminando o vale do Lima e seu casario. Conforme aumentava a sua intensidade iam-se tirando as fotos para marcar os registos do espetáculo fascinante.

Findo isto, fizemos o regresso às tendas para realizarmos o pequeno-almoço e logo de seguida começarmos a desmontar o Regressados ao local de acampamento foi tempo de preparar o jantar com as irmãs Conceição e Maria das Dores a orientar. Há luz das lanternas em amena cavaqueira o tempo foi passando e cerca das 00H30, instalados num pequeno miradouro anexo lá vimos o atirar do fogo de artificio das festas de Perre e outras ao longo do vale. Depois foi o recolher às tendas para o merecido descanso. Azar nosso pois até cerca das 05H00 da manhã foi um martelar de música da pesada de alguma festa na zona, paciência. Pelas 06H00 tocou o assobio, era chegada a hora de ver nascer o Sol, para isso estávamos aqui.

Todos se levantaram e ainda estremunhados lá fomos novamente monte acima até ao local previamente escolhido para vermos o astro rei a aparecer lá ao fundo por detrás das serras, iluminando o vale do Lima e seu casario. Conforme aumentava a sua intensidade iam-se tirando as fotos para marcar os registos do espetáculo fascinante.

Findo isto, fizemos o regresso às tendas para realizarmos o pequeno-almoço e logo de seguida começarmos a desmontar o acampamento. Tendas arrumadas e tudo metido nas viaturas, rumamos até junto da Igreja Paroquial de Cardielos para realizar a caminhada prevista. O trilho escolhido foi em parte do Trilho de S. Silvestre e também outra parte por nós escolhida, levando-nos hora por entre o casario da freguesia e margens do rio Lima, terminando novamente junto da igreja era cerca das 12H00.

Ainda faltava o almoço/convívio que se realizou no restaurante Casa da Avó em Serreleis, local simpático e que decorreu de maneira excelente. Findo o almoço cerca das 15H00 fez-se o regresso a casa. Como nota final, julgo ter valido a pena se ter realizado esta atividade, eu gostei.

Até Setembro VT

 

Miguel Moreira

Vianatrilhos

Dados do percurso

Informação sobre os aspetos mais significativos:

Data 2023-07-29
Hora de início 09:30
Hora do fim 12:41
Tempo total do percurso 3h 11m
Velocidade média deslocação 5,7 km/h
Distância total 12,62 km
Nº de participantes 22