2019-06-29 da igreja velha de Mondim à Sra da Aparecida

Começamos na Igreja Velha de Mondim (S. Martinho de Mondim) que chegou a ser igreja paroquial, mas que pertencente agora à paróquia de Panque. Trata-se de um templo de séc XI, anterior à nacionalidade, que foi múltiplas vezes intervencionado, tendo-lhe sido retirada toda a traça original. Dos tempos passados restam apenas vestígios da necrópole, com alguns sarcófagos, felizmente salvaguardados de uma terraplanagem, que praticamente arrasou a necrópole existente.

Daí descemos ao rio Neiva, atravessando a Ponte de Barreiros, seguindo na bordadura de extensos campos agrícolas até chegar ao lugar do Barreiro onde voltamos às margens do Neiva para apreciar o Lagar da Aveleira. Afastamo-nos de movo do rio, pois não há caminho nas suas margens, percorrerrendo umas centenas de metros pela estrada alcatroada, até retomar a margem junto do Engenho das Bouças. Após curta paragem cruzamos a Ponte das Bouças e seguimos por caminhos agrícolas até à capela de Nª Srª da Cadavosa, muito perto de um grupo de moinhos e engenhos abandonados.

Estamos agora no lugar de Navió e depois de uma pausa para reabastecimento no adro da pequena capela, dirigimo-nos à Ponte da Caridade, que atravessa o ribeiro de Nevoinho e dava de serventia à Estrada Real entre Cervães e Balugães.

Regressamos de seguida ao rio Neiva passando pela Ponte da Laje, e cruzamos os ricos campos agrícolas de Cossourado até à célebre Ponte das Tábuas, que se situa na extrema das freguesias de Aguiar, Balugães e Cossourado. Datada do Séc XII, foi beneficiada no Séc XVII, por ocasião da reforma viária da Dinastia Filipina. A antiguidade da ponte atesta a importância deste lugar de travessia do rio, por onde passava a estrada medieval entre o Porto e Ponte de Lima, e por essa via o acesso a Compostela durante as Idades Média e Moderna.

Continuamos a descer o rio Neiva, atravessando os campos de cultivo da sua margem esquerda até a uma pequena praia fluvial, agora batizada de “River Club”, situada junto dos Moinhos Novos do Lousa, ou Moinhos da Tulha, onde fizemos a já reclamada pausa de almoço.

Findo o repasto continuamos na direção da Ponte Nova e daí cruzamos a freguesia de Durrães, com a "Ponte Seca" ou Viaduto de Durrães à nossa esquerda. Este elegante viaduto de 16 arcos, mais de 20m de altura e 550m de comprido, foi inaugurado pelo rei D. Manuel II em 1908 e integra a nova linha do Minho.

Mais à frente descemos até ao interessante conjunto da ponte e moinho dos Morgados, onde fizemos a foto de grupo junto de um bem preservado “estanca rios”. Continuamos a descida do rio até à Azenha do Souto, onde visitamos o açude e vislumbramos o interior do engenho, com os maquinismos já muito deteriorados, a precisar de uma urgente intervenção.

Cruzamos finalmente o Neiva no Pontão Real, onde está o marco comemorativo do 880º aniversário da Outorga da Carta de Couto, em que o D. Afonso Henriques doou o Mosteiro de Carvoeiro ao monge Mendo Suares e a todos os seus sucessores.

Após inesperada paragem para prolongada "conversa de pescadores", iniciamos a subida da margem direita do Neiva, bordejando os campos até à proximidade da ponte das Tábuas, tendo depois infletido a norte na direção de Balugães, rumo ao célebre Santuário da Srª da Aparecida.

Visitamos a Capela de Nossa Senhora da Aparecida, construída após a aparição da Virgem Maria a um jovem, conhecido por João Mudo, que assim recuperou a fala. Também no séc XVIII, foi construído mesmo em frente um templo maior, que pudesse acolher os muitos fiéis e peregrinos que aqui rumam.

Tempo ainda para ir até à traseira da capelinha para passar na “gruta do mudo”, demonstrando à evidência que somos todos boa gente, já que “só pode passar quem estiver em graça (sem pecados)”

Foi também sem pecados que acabamos o dia em Vitorino dos Piães na "A Taverna", que nos serviu uns bolinhos de bacalhau, umas codornizes e um saboroso "bacalhau á casa".

José Almeida
Vianatrilhos

Dados do percurso

Informação sobre os aspetos mais significativos:

Data2019-06-29
Hora de início09:00
Hora do fim15:14
Tempo total do percurso6h 14m
Velocidade média deslocação3,18 km/h
Distância total linear15,7 km
Distância total15,8 km
Nº de participantes16