2018-06-09 Percurso cultural “O Azulejo"

A concentração estava marcada junto da ponte metálica de Eiffel, que com os seus 140 anos substituiu a antiga ponte de madeira que partia do terreiro de S. Bento e terminava junto da da capelinha de S. Lourenço, antiga estrada Real.

Aguardava-nos o nosso amigo e investigador Dr. Francisco Carneiro Fernandes, que nos deu a conhecer meio milénio de história de Viana do Castelo através dos azulejos do seu centro histórico.

Começamos a observação da azulejaria junto ao café Girassol, tirando-se a foto de grupo junto da estátua de Viana e continuamos pela alameda João Alves Cerqueira  até à igreja de S. Domingos, o mais majestoso dos templos quinhentistas da cidade, que subsiste do grandioso e extinto convento de Santa Cruz.

Continuamos pela rua de S. Sebastião, Av. dos Combatentes, até à Praça da República, antigo Campo do Forno e Praça da Rainha, ex-libris quinhentista de Viana do Castelo, finalmente despojada da estátua do Caramuru, que tanto a desfeava.

Tempo de pausa para apreciar a decoração festiva da Praça e espreitar o Feirão, com a venda de produtos gastronómicos regionais e a feira de Artesanato e Manualidades, junto aos arcos da antiga Câmara Municipal.

O ponto alto foi na igreja da Misericórdia, excelente exemplar da arquitetura barroca, imponente nos seus retábulos de talha dourada e paredes inteiramente revestidas de azulejos da autoria da casa Bernardes.

Como nos esclareceu o orador, "Foi uma breve viagem pelos azulejos do tardo-Românico e Gótico ao Plateresco com sabor Manuelino, do Maneirismo ao Barroco Nacional e Joanino, do Rococó e Neoclassicismo ao Revivalismo Romântico e Ecletismo ao Modernismo e novas propostas da contemporaneidade”.

Agradecemos ao Dr. Francisco Carneiro Fernandes a eloquente exposição sobre o que nos ensinou sobre a história desta Viana da Foz do Lima, nomeadamente azulejaria, talha dourada, pedras de armas, brasões e esquecidas histórias do velho burgo.

Foi um prazer ouvi-lo.

 

A Organização

 

20º Aniversário da Vianatrilhos