2017-07-29 Pela orla costeira de Âncora até Viana

Percurso Noturno

 

Mais uma vez se realizou esta atividade, sendo o local escolhido a orla costeira entre Vila Praia de Âncora e a cidade de Viana.

Á chamada no Vitral compareceram 34 caminheiros, onde depois de se deixar duas viaturas na Praia Norte em Viana, rumamos até junto do Parque de jogos de Âncora, local escolhido para inicio deste percurso.

A noite apresentava-se com uma temperatura ideal e no céu a lua em crescente e a pé, perspetivava uma boa jornada.

Postas as conversas em dia, mochilas nas costas, cerca das 21H30 começamos a caminhar bem perto do do rio Âncora, através de um passadiço que ao longo da praia nos levou até junto do Forte do Cão na praia da Gelfa. Depois foi percorrer o estreito labirinto formado por mimosas e austrálias até junto do local em que existiu uma estação de aquacultura já em Afife, onde sobre um passadiço de servidão da praia chegamos á Praia de Afife, local escolhido para registo fotográfico. Continuamos agora através de um caminho rural de servidão das veigas , cruzando o rio de Cabanas, o acesso á praia da Arda ou da Mariana, para novamente nos embrenharmos num túnel de vegetação de infestantes     que nos levou até ao Forte de Paçô na “praia dos Ingleses”.

Um pouco lá no alto e á nossa frente dava luz para o mar o Farol de Montedor, motivo para inspirar em alguns quadras do poeta Pedro Homem de Melo.
E não é que começava a chover.

Houve que tirar capas ou proteções para a chuva, aconchegar as mochilas, e continuamos através da beira mar, cruzando parte do “PR7 - Forte de Paçô”, passando junto da antiga torre da “Ronca”, pelas “Gravuras e Pias Salineiras de Fornelos”, até atingirmos a praia de Carreço, conhecida também por praia da “Baleia”, onde foi feito novo reagrupamento.

A chuva por vezes caía com alguma intensidade, começando a incomodar, dificultando de certa maneira a progressão e quebrando o convívio.

Mais á frente passamos pela praia das “casinhas do Lumiar”, e já caminhando por novo passadiço pela praia do “Canto Marinho” ou “Praia Dourada”. Acabado o passadiço mas sempre no caminho da Ecovia do Litoral, cruzamos a praia do “Marco Branco” já em Areosa, moinhos do “Caravela”, da Praia e do Rio, até chegar ao campo de jogos de Areosa, onde novamente se fez reagrupamento. Entretanto era já visível o desconforto causado pela chuva.

De novo em andamento passamos pelo antigo “Portinho de Vinha”, ETAR de Areosa e logo atingimos o “Forte do Rego de Fontes”. O final estava perto, e passando sob o novo passeio da Praia Norte chegamos junto do café Scala final deste percurso eram cerca das 01H30. Houve ainda que os condutores irem buscar as viaturas a Âncora e como a humidade  no corpo incomodava, após breves despedidas cada um rumou ao seu destino.

Pena foi a chuva que de alguma forma prejudicou esta atividade, retirando algum interesse ao percurso que era a observação tanto da orla marítima como das veigas e casario na base do monte de Santa Luzia.

Foi pena!...mas paciência.

Em Setembro contamos voltar. Até lá Boas Férias a todos.

 

Miguel Moreira

Vianatrilhos

 

Dados do percurso

Informação sobre os aspetos mais significativos:

Data 2017-07-29
Hora de início 21:28
Hora do fim 01:32
Tempo total do percurso 4h 03m
Velocidade média deslocação 4.18 km/h
Distância total linear 15.92 km
Distância total 15.94 km
Nº de participantes 34